Seguidores

sábado, 26 de maio de 2012

Um ano de cirurgia...



Bom dia galerinha , o post de hoje será dedicado a Mamys da querida amiga virtual  Leila Diniz - que se encontra convalescente com dor na coluna , não sabemos ao certo o que ela tem , estamos todos ansiosos para o resultado dos exames , e que Deus permita á Ela que se recupere logo.


Ontem ( 25/05) completei um ano de cirurgia ( para quem ainda não sabe , passei por uma ressecção de hernia  + artrodese com colocação de parafusos ) , e o meu pós operatório foi bom ( contei com um dos pontos interno rompido e uma dor terrivelmente aguda , não me permitia se quer respirar, fui carregada para o pronto socorro).... depois de um ano  ainda sinto dores menos frequente e  menos intensa.. hoje faço hidroginástica e pequenas caminhadas na esteira o que me foi permitido depois de 9 meses....passarei por uma avaliação pós operatória ( um ano ) no mês que vem e será efetuado novos exames de raio-x para ver como esses meninos ( parafusos ) estão se comportando dentro da minha coluna....
Após 2 meses de cirurgia descobrimos que minha cervical  também estava lesada ,  95% dos casos não se realiza a cirurgia ( riscos de tetraplegia ) meu medico disse que eu vou ter que me acostumar com a dor, pois ela será minha companheira até o fim de meus dias . Amenizamos essas dores com hidroginástica, braço em posição de relaxamento e repouso quando  em fase de crise, no mais medicação e muita fé em Deus pra que passe logo. ( estou na crise por esse motivo o afastamento da net nesses dias ).

Muitos me perguntam como adquiri esta bendita hernia .... como pode você ir deitar bem e acordar travada sem nem ao menos conseguir levantar-se ?...e ai vai algumas explicações sobre essa dor que incomoda muita gente especialmente nos Mulheres.


O que é Hérnia de Disco ?

A coluna vertebral é composta por vértebras, em cujo interior existe um canal por onde passa a medula espinhal ou nervosa. Entre as vértebras cervicais, torácicas e lombares, estão os discos intervertebrais, estruturas em forma de anel, constituídas por tecido cartilaginoso e elástico cuja função é evitar o atrito entre uma vértebra e outra e amortecer o impacto.

Os discos intervertebrais desgastam-se com o tempo e o uso repetitivo, o que facilita a formação de hérnias de disco, ou seja, a extrusão de massa discal que se projeta para o canal medular através de uma ruptura da parede do anel fibroso. O problema é mais freqüente nas regiões lombar e cervical, por serem áreas mais expostas ao movimento e que suportam mais carga.

Causas da Hérnia de Disco :
Fatores genéticos têm um papel muito mais forte na degeneração do disco do que se suspeitava anteriormente. Um estudo de 115 pares de gêmeos idênticos mostrou a herança genética como responsável por 50 a 60% das alterações do disco.(backLetter 1995).

Sofrer exposição à vibração por longo prazo combinada com levantamento de peso, ter como profissão dirigir realizar freqüentes levantamentos são os maiores fatores de risco pra lesão da coluna lombar. Cargas compressivas repetitivas colocam a coluna em uma condição pior para sustentar cargas mais altas aplicadas diretamente após a exposição à vibração por longo período de tempo, tal como dirigir diversas horas. (Magnusson ML, Pope ML, Wilder DG, 1996.)

Entre fatores ocupacionais associados a um risco aumentado de dor lombar estão:
Trabalho físico pesado
Postura de trabalho estática ( meu caso )
Inclinar e girar o tronco freqüentemente
Levantar, empurrar e puxar
Trabalho repetitivo (meu caso)
Vibrações
Traumas adquirido por quedas ( meu caso ) 
Psicológicos e psicossociais (Adersson GBJ,1992)

Mulheres com muita gravidez também podem ao decorrer dos anos lesar essa área da lombar , devido ao trabalho de parto , eu mesma passei por três método de parto em um só ( normal , fórceps e cesarina  ) o que contribuiu para aquisição das hernias lombares.


Tipos de Hérnia de Disco


Protrusas: quando a base de implantação sobre o disco de origem é mais larga que qualquer outro diâmetro.
Extrusas: quando a base de implantação sobre o disco de origem é menor que algum dos seus outros diâmetros ou quando houver perda no contato do fragmento com o disco.
Seqüestradas: quando um fragmento migra dentro do canal, para cima, para baixo ou para o interior do forâmen.


Sintomas da Hérnia de Disco

Os sintomas mais comuns são: Parestesias (formigamento) com ou sem dor na coluna, geralmente com irradiação para membros inferiores ou superiores, podendo também afetar somente as extremidade (pés ou mãos). Esses sintomas podem variar dependendo do local da acometido.
Quando a hérnia de disco está localizada no nível da cervical, pode haver dor no pescoço, ombros, na escápula, braços ou no tórax, associada a uma diminuição da sensibilidade ou de fraqueza no braço ou nos dedos. ( Essa semana estou em crise )
Na região torácica elas são mais raras devido a pouca mobilidade dessa região da coluna mais quando ocorrem os sintomas tendem a ser inespecíficos, incomodando durante muito tempo. Pode haver dor na parte superior ou inferior das costas, dor abdominal ou dor nas pernas, associada à fraqueza e diminuição da sensibilidade em uma ou ambas as pernas.
A maioria das pessoas com uma hérnia de disco lombar relatam uma dor forte atrás da perna e segue irradiando por todo o trajeto do nervo ciático. Além disso, pode ocorrer diminuição da sensibilidade, formigamento ou fraqueza muscular nas nádegas ou na perna do mesmo lado da dor.



Diagnóstico e exame

O diagnóstico pode ser feito clinicamente, levando em conta as características dos sintomas e o resultado do exame neurológico. Exames como Raio-X, tomografia e ressonância magnética ajudam a determinar o tamanho da lesão e em que exata região da coluna está localizada.

Tratamento para Hérnia de Disco

RMA da Coluna Vertebral

É um programa fisioterapêutico que utiliza técnicas de Fisioterapia Manual, mesa de tração eletrônica, mesa de descompressão dinâmica. Estabilização Vertebral e Exercícios de Musculação. Ele visa melhorar o grau de mobilidade músculo-articular, diminuir a compressão no complexo disco vértebras e facetas, dando espaço para nervos e gânglios, fortalecer os músculos profundos e posturais da coluna vertebral através de exercícios terapêuticos específicos enfatizando o controle intersegmentar da coluna lombar, cervical, quadril e ombro. 


Fisioterapia manual

A disfunção dos tecidos moles pode alterar o movimento articular e diminuir a eficácia da mobilização-alongamento da articulação. É por isso que o tratamento frequentemente começa com este procedimento visando diminuir a dor e o espasmo muscular ou aumentar a mobilidade dos tecidos moles. Esses procedimentos auxiliares podem também tornar mais fácil a realização da mobilização das articulações, produzindo um efeito mais duradouro. Dentre as técnicas de fisioterapia manual utilizamos a Osteopatia, Maitland, Mulligan e mobilizações articulares.

Na fase inicial da doença é muito valido , mas em fase aguda da crise nem pense a dor é insuportável. Fiz algumas sessões mas pioraram as crises.
hernia de disco - fisioterapia manual

( Esses dois tratamentos abaixo não fiz , é muito caro e muitos convênios não cobrem e no SUS não sei se tem.  )

Mesa de Tração Eletrônica

Grandes fabricantes de equipamentos terapêuticos e cientistas americanos investiram seriamente em pesquisas durante décadas enquanto aprimoravam técnicas seguras e eficazes de utilizar a tração vertebral e melhorar seus benefícios.

Pesquisas realizadas nos EUA mostram que técnicas de tração vêm sendo usadas com sucesso, durante anos, no tratamento das discopatias e doenças degenerativas da coluna vertebral.
hernia de disco - mesa de tração

Mesa de Flexão-Descompressão

Este equipamento possibilita que o fisioterapeuta tenha total controle sobre a mobilidade da coluna vertebral do paciente, permitindo movimentos de flexão, extensão, látero-flexão e rotação. Desta forma, o tratamento pode ser realizado de uma forma mais confortável, conseqüentemente mais precisa.
hernia de disco - mesa de flexão

Musculação ou Pilates

Musculação

Após o término das sessões previstas é fundamental buscar alternativas para manter os benefícios decorrentes do tratamento. Serão necessários estímulos frequentes e graduais que garantam a integridade das estruturas músculo-esqueléticas envolvidas e previnam contra novas crises. A opção eficiente e segura é um programa de exercícios de musculação que incluem os principais componentes da aptidão física relacionados à saúde (potência aeróbica, força e flexibilidade) ajustados de acordo com a especificidade da situação e supervisionados por profissionais de Educação Física.
hernia de disco - musculacao2

Pilates

É um método que preconiza alcançar um desenvolvimento do corpo de forma uniforme, objetivando uma melhora no condicionamento físico e mental com exercícios globais, isto é, que exigem um trabalho do corpo todo, utilizando diferentes aparelhos e equipamentos.

Através dos seus princípios, concentração, fluidez, controle, respiração, centro de força, postura o praticante do método irá melhora sua consciência corporal, flexibilidade, equilíbrio e força muscular.
hernia de disco - pilates
No inicio das minhas crises se eu tivesse feito o Pilates a chance de ter que passar pela cirurgia seria de 20% , mas infelizmente por ignorância cheguei no estagio em que só a cirurgia era a melhora das crises mas não sua cura.



Segue algumas dicas para amenizar as dores na fase da crise :
Compressas quente no local ajuda a amenizar as dores na fase da crise , no meu caso o RPG só agravou as crises mas é uma ideia, quando  estiver melhor pode fazer a hidroginástica e Pilates que ajudam no fortalecimento dos musculos e evita 80% uma cirurgia se for o caso. O repouso é o melhor remédio nas crises ... a medicação pode causar depressão então faça alguma coisa pra passar o tempo ( leitura, artesanato com as mãos , qualquer coisa que  possa ocupar a mente, visitas e ambientes agitados irritam e deixa a pessoa ansiosa ) a melhor posição para dormir é de lado com as pernas dobradas e uma almofada pequena entre as pernas, ao se levantar  pode apoiar na cama e  contar com ajuda de alguém (vale lembrar que a pessoa é quem determina os movimentos), o travesseiro de preferencia na altura do ombro, ou de costas com as pernas levemente elevada ( enrole um cobertor e coloque na dobra do joelho em posição de relaxamento) se a posição for sentada coloque sempre um apoio nas costas isso evita a compressão na hora que for se levantar ( eu fiz uso de colete e cinta que ajudam bastante para movimentar-se - mas sempre com orientação medica ).Quando estiver  se sentindo melhor pequenas caminhadas dentro de casa mesmo ajuda aliviar , subir escadas força muito então melhor evita-las. São apenas algumas dicas ,deve-se seguir a orientação do medico e respeitar os limites do paciente.
Enfim, a própria prática das atividades do dia-a-dia é mais importante do que a fisioterapia e as medicações.


Deus abençoe e ilumine o final de semana de todos!

Beijinhos *.*
Patricia Fabiana